Como Vender Pela Internet Sem Gastar Dinheiro

Como Vender Pela Internet Sem Gastar Dinheiro

O tópico aqui na rádio hoje é faturar em casa. Você deve ter ouvido falar dos benefícios de criar um negócio na internet, que é possível fazer muitas vendas atingindo milhares de pessoas, enquanto o custo para atingir elas é baixíssimo e o lucro extremamente alto.
Aprender como fazer isso funciona requer um certo esforço e você precisa de uma estratégia, precisa seguir o que é comprovado e os outros vem fazendo, porque pode acreditar em mim… tentar inventar a roda para vender não vale a pena! Veja também: Como gerar vendas online


O que você vai aprender nesse artigo:
¬ Os 5 simples passos para vender pela internet
¬ Como ganhar dinheiro com produtos digitais sem ter que criar eles
¬ Como atrair pessoas sem gastar dinheiro e vender para elas

Como Vender Pela Internet Em 5 Passos

Quem Você Vai Ajudar

Entenda isso, antes de vender qualquer produto você precisa entender um fundamento da internet, as pessoas só compram quando entendem que você pode ajuda-las, simples, e isso vale principalmente para produtos digitais, nem tanto para os físicos.
Também deve saber que entender seu público é a base do seu negócio, isso vai alterar desde a cor de título até o preço do seu produto, então defina bem:
Quantos anos tem as pessoas para quem você vai vender, 15 – 30? Qual o sexo? Aonde elas moram? O que elas tem medo de fazer/perder? O que significa sucesso e traz felicidade?
Muda completamente escrever para um homem ou mulher, por isso precisa ter bem definido seu público alvo.

Escolha O Produto

A mais rápida forma de vender produtos pela internet é se afiliando a um, para isso você vai escolher um produto para vender, será um e-book, curso online ou uma área de membros que irá divulgar.
Com esse produto você vai ganhar uma comissão em cima de cada venda, por exemplo, o preço é de R$ 100, então a cada venda o criador do produto ganha 50 reais você fica com outros 50, certo?
Para isso basta se cadastrar na hotmart, lá você vai se afiliar ao produto que mais se encaixa no seu público, assim poderá divulgar a página de vendas do produto e quem comprar por ela você ganha comissões! Existem mais de 30 mil produtos cadastrados na hotmart.

Canal De Divulgação

Como será uma forma de não gastar nenhum centavo, então você não vai usar blogs, porque eles têm custos de hospedagem e domínio, pode usar uma página no facebook ou canal do youtube para vender produtos pela internet.
Nesses canais você vai atrair pessoas e transforma-las em clientes.

Crie Conteúdo

Para saber como vender pela internet você precisa aprender a criar conteúdo e ajudar os outros, agora você vai listar alguns problemas que seu público tem, envie um e-mail para o criador do produto que você divulga ou para o suporte, pergunte quais os problemas mais comuns dos clientes, falto de animo, cansaço, falta de dinheiro e etc…
Depois disso grave vídeos ajudando a resolver isso ou pode criar textos para sua página do facebook e divulgar eles em grupos do facebook, aonde tem milhares de pessoas!
Crie vídeos ajudando de verdade, procure na internet como solucionar cada problema e dê o seu melhor, não se preocupe com a qualidade da imagem, apenas crie vários vídeos que eles vão ir melhorando. Leia o blog Como gerar vendas Online

Ofereça!

Certo, após algumas semanas gerando conteúdo você já terá audiência, pessoas estarão seguindo você e procurando por uma solução maior, digamos que você as ajudou a ganhar 50 reais por semana e agora elas querem ganham 2 mil por mês…
Então aqui é o ponto final para vender pela internet, é hora de oferecer um curso ou livro sobre isso, também pode ir oferecendo um curso no final dos textos e vídeos, algo como:
Se você tem interesse em saber mais, clique no link abaixo e conheça o curso que faz XYZ.
Então é isso, você escolhe o público, o produto, seleciona seu canal de divulgação, cria conteúdo e no final oferece uma solução maior, esse é o processo para vender pela internet.

visagismo

Visagismo um assunto pouco falado

Olá leitores!

Para quem não acompanhou semana passada um tópico muito interessante aqui na Radio. Se você não teve tempo ou não pode ouvir um pouco sobre o assunto de hoje, poderá está acompanhando o tópido sobre Visagismo.

Visagismo não é um assunto muito comentado, talvez por que muitos não estão familiarizados com o nome da palavra mas talvez já tenha ouvido falar sobre o conceito por ai. Visagismo é um conceito de personalizada de uma imagem que serve como ferramenta para ajudar os profissionais de beleza a encontrar um estilo que se adequa a cada um. Interessante não?

O mundo de hoje está cheios de tendência e diferentes looks. Muitas pessoas se sentem sob pressão ao tentar entrar na moda e não tem a segurança de que está fazendo a escolha certa para seu look. Essa ferramenta veio justamente para ajudar a todos com dúvidas e que querem o melhor visual para seu tipo de corpo, rosto e altura.

visagismo

A idéia é compor um look valorizando a pessoa em base de sua personalidade. São usadas técnicas de beleza como corte, coloração e claro maquiagem que não pode faltar.
O Profissional viagista é responsável por desenhar seu look. Para isso é necessário uma simples conversa para que a identidade da pessoa seja identificada. O look é baseado na sua personalidade e no que você procura para tua beleza. Desta forma o profissional tem uma idéia que como você quer se posicionar, seja ela como uma pessoa mais séria, responsável, descolada e moderna. Veja também um pouco mais sobre o visagismo acadêmico aqui.

O visagista analisa outros fatores e necessidades profissionais como seu gosto pessoal e também até que ponto esteja disposta a “arriscar’ com o look.
É super recomendado que clientes tragam suas inspirações, seja ela em foto ou vídeo. Muitas das vezes atrizes e atores famosos são usados como exemplo por estarem sempre inovando com visual diferente. Vale a pena lembrar que nem sempre é possível ter um look parecido com esses famosos, pois cada um tem um formato de rosto e corpo diferente.
É por isso que uma das maiores regrinhas do visagismo é que sempre foque na personalização e nunca na padronização. Somo todos diferentes e por que não ter um look único?

Um outro ponto muito importante do visagismo é analizar a geometria do rosto de cada cliente. Assim também como ângulos, tamanho e formato dos olhos, lábios, nariz, queixo, cabelo e sobrancelhas. Todos esses elementos interferem no resultado final e todos eles devem estar em harmonia para que seu visual fique bacana.

Claro que também não poderíamos deixar de falar sobre as técnicas de maquiagem. Assim como um corte de cabelo ou coloração, a maquiagem é muito importante. Ela pode descrever sua personalidade através de suas cores e combinações de paleta de cor. Cada cor e combinação transmite um significado diferente por isso é fundamental a combinação da maquiagem e seu estilo.

Tenha em mente que quando for ao salão, não apenas escolha um corte bacana, uma coloração qualquer e uma boa maquiagem. Tenha em mente que todo o conjunto deve estar em hamonia. O conceito de visagismo é interessante pois fará você a refletir um pouco sobre sua aparência e como você quer ser vista.

Este foi o artigo de hoje e espero que vocês tenham gostado. Esse é um assunto pouco falado no dia a dia mas que com certeza vai fazer você refletir antes de chegar no salão com ideias muito distintas.
Se você curtiu o assunto de hoje, deixe um comentário abaixo! Até a próxima.

Como recepcionar melhor seu mascote em casa

Quando você recebe um novo mascote em casa, começa uma experiência inesquecível. Ele será um ser muito especial na sua vida e para ele você será o centro do universo.

Para ajudar nessa fase tão especial, daremos algumas dicas:

1- A primeira noite

É comum o filhote chorar por sentir falta da mãe e dos irmãos. O indicado é deixá-lo dormir próximo a você até que ele se sinta seguro. Se possível, peça ao canil um pano com cheiro da sua mãe para que o filhote se sinta mais protegido.

2- Crianças

Não permita que as crianças brinquem em demasia com o filhote e o tratem como brinquedo. O filhote necessita de momentos de tranquilidade para comer, descansar e dormir.

3- Alimentação

Os filhotes devem comer obrigatoriamente ração de filhotes. Petiscos e outras guloseimas caninas devem ser administrados sob orientação de um veterinário. Muito importante é não administrar qualquer tipo de leite, pois não alimenta e ainda pode ocasionar diarreia.

4- Controle do Peso

É indicado um acompanhamento mensal para pesar o filhotinho para saber se o desenvolvimento está normal.

5- Vida Social

Passeios, brincadeiras e exercícios são fundamentais para a saúde. Filhotes só devem passear após o término do programa de vacinação. Sem a proteção completa, os filhotes não devem passear na rua e nem ir ao pet shop.

pet escovando os dentes

6- Escovação dos dentes

O ideal é escovar os dentes diariamente. Caso não seja possível, escovar no mínimo 3 vezes na semana. Lembre-se de utilizar pasta de dentes e escova específicas para animais.

7- Micfrochip

A identificação eletrônica é o primeiro passo para a posse responsável. Através dela seu animalzinho estará vinculado a você por toda a vida. Em caso de perda ou fuga, você poderá trazê-lo de volta para casa com muito mais facilidade. O microchip já é, inclusive, obrigatório por lei em muitas cidades brasileiras.

8- Escolha do Pediatra

O primeiro passo para garantir a saúde do filhote é levá-lo para uma consulta inicial ao Hospital Veterinário de sua confiança. Pois lá você encontra o profissional apto a realizar uma avaliação clínica completa de seu filhote, fazer recomendações e sanar todas as suas dúvidas.

Hospital HVS

Conheça as novidades para animais de estimação

De acordo com os últimos dados divulgados no ano passado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em relação a Pesquisa Nacional de Saúde, quase metade das residências brasileiras possuem pelo menos um cachorro. Já uma em cada cinco casas tem um gato de estimação.

A região Sul (58,6%) é a que tem mais lares com cachorros para fazer companhia às famílias. Já o percentual de gatos é maior no Nordeste (23,6% das residências).

Na área rural, a proporção de domicílios com algum cachorro (65,0%) é superior à da urbana (41,0%).

Entre cães e gatos, são 74,5 milhões de animais de estimação no Brasil. Os agentes da pesquisa visitaram aproximadamente 80 mil domicílios espalhados por 1.600 municípios em todas as regiões.

Com tantos animais de estimação, o Brasil é o segundo país com maior mercado pet do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. As novidades no segmento não param e nesta postagem destacamos 6 delas:

1- Quintal para Brincar

Uma nova tendência é a creche criada para caninos e felinos. É uma solução para os donos que passam o dia todo fora de casa trabalhando. O espaço apropriado se revela muito melhor para o pet , que não precisa ficar o dia todo isolado e sozinho.

2- Ingredientes Naturais

Segundo a Associação Brasileira de Indústria de produtos para Animais de Estimação (Abinpet), entre os principais fatores que estimularam o crescimento do mercado pet no último ano estão: a valorização dos animais de estimação como membros da família, seguido pela preocupação com a dieta dos bichos. Por conta disso, os consumidores têm dado preferência às soluções desenvolvidas a partir de ingredientes naturais.

cachorro com camisa de time

3- Moda

As camisas de times de futebol e de festas também estão em alta. As coleiras enfeitadas com pedras “preciosas” deixam dos bichanos mais elegantes.

4- Remédios

No ramo farmacêutico, uma das novidades está nos remédios com sabor bacon, salmão e uva, no formato de biscoito, específicos para tratar cães, gatos, aves e animais exóticos.

5- Babá de Cachorro

Serviços de pet sitter. Visita o bichinho na casa do proprietário por uma hora, onde providencia água, alimentação, ministra remédios e a limpeza do local, além de brincar e fazer companhia.

6- Alimentação

No ramo da alimentação, outro destaque são os sorvetes para cães e gatos, em sabores de galeto e fígado.

É importante ressaltar, que atualmente existem inclusive atendimento 24 horas para o seu pet, se você reside em São Paulo, saiba que nesta cidade é onde existe o maior número de Hospital Veterinário com emergência 24 horas do país.

Afinal de contas, o seu animal de estimação deve receber todos os cuidados essenciais.

Plano detox para uma saúde melhor

Olá leitores!

Para quem não acompanhou o assunto na rádio hoje, esse artigo é para você se manter ligado sobre sua saúde e bem estar. O tópico de hoje é sobre um plano detox para você ter uma saúde melhor.

Com tanta coisa na internet por ai sobre o perigo de toxinas, você pode estar se perguntando se você precisa desintoxicar seu corpo. Ao longo dos anos você verá muitas informações sobre dietas, procedimentos e outras abordagens comuns para a desintoxicação. A verdade é, no entanto, que muitas dessas práticas são extremas e até perigosas na pior das hipóteses.

Na verdade, o corpo humano se defende muito bem contra a maioria dos insultos ambientais e indulgências ocasionais. Isso significa que a maioria das pessoas não precisa de tônicos loucos, ou dietas extremas de “limonada”. Infelizmente, existem inúmeras dietas de desintoxicação sendo comercializadas, embora estudos tenham demonstrado que o jejum e a ingestão de calorias extremamente baixas – elementos comuns das dietas de desintoxicação – causam uma desaceleração do metabolismo e um aumento de peso depois que o dieter retorna à alimentação normal.

É claro que nós temos uma enorme quantidade de toxinas em nosso mundo hoje que as gerações anteriores nunca tiveram que lidar.

Como fazer o detox do seu corpo de maneira simples

O primeiro passo para desintoxicar seu corpo é garantir que você não esteja sobrecarregando seu corpo com toxinas. A remoção de alimentos processados, alimentos carregados de pesticidas e produtos tóxicos, é a melhor maneira de garantir que seu corpo permaneça saudável e pode fazer seu trabalho.

1. Argila

A nível molecular, a argila de bentonita tem uma carga elétrica negativa, atraindo toxinas carregadas positivamente. Como a maioria das toxinas é carregada positivamente, a argila naturalmente descarta o corpo de toxinas quando ele puxa e mantém as toxinas em seu núcleo.

Tomar argila internamente ou usá-lo em um banho de pés são maneiras simples de ajudar a livrar seu corpo de acumulação tóxica. Tomar argila internamente é uma ótima maneira de obter mais minerais essenciais em sua dieta. Visite o site para saber mais.

 

Adicione alimentos naturalmente desintoxicantes à sua dieta

Embora eu não promova jejuns loucos ou dietas de moda para desintoxicar seu corpo, naturalmente, a desintoxicação pode ser extremamente benéfica. Estes devem ser além de uma dieta de alimentos inteira e real. Aqui estão apenas alguns dos melhores alimentos de desintoxicação incluem:

Frutas – Alta em conteúdo líquido, os frutos ajudam o corpo a eliminar as toxinas. Eles também são muito fáceis de digerir e cheios de nutrientes, um bônus adicional no processo de desintoxicação.

Citrinos – Em particular, coisas como laranjas, limões e limas ajudam o corpo a eliminar as toxinas e a pular a partir do trato digestivo com processos enzimáticos. O suco de limão ajuda o fígado em seus processos de limpeza. Tente começar todas as manhãs com um copo quente de água de limão.

Verduras – As verduras ajudarão a dar um impulso de clorofila ao seu aparelho digestivo e são muito puras para o seu sistema. Outros alimentos como: Cebolas, cenouras, alcachofras, aspargos, brócolis, repolho, couve, couve de Bruxelas, couve-flor, beterraba, açafrão e orégano são excelentes para ajudar a limpar o corpo. Estes são elevados em enxofre natural e glutationa. O enxofre ajuda o fígado a desintoxicar substâncias químicas nocivas. É importante adicionar vegetais crus à sua dieta, pois as enzimas digestivas são muito benéficas no processo de desintoxicação natural.

Alho – Esse temperinho é um dos melhores alimentos desintoxicantes que existe. Isso ajuda a estimular o fígado na produção de enzimas de desintoxicação que ajudam a filtrar resíduos tóxicos do sistema digestivo.

Essas são apenas algumas dicas que citamos ontem na rádio. Você pode fazer um plano detox e sinta seu corpo mais leve e saudável. Veja o video abaixo sobre como fazer um plano detox.

Espero que tenha gostado do assunto de hoje e te esperamos aqui em breve.

Até mais

 

Percepção Requer Envolvimento

Um dos grandes nomes do underground brasileiro, o trio Los Pirata dá continuidade ao sucesso de crítica e público que permeia sua carreira com um ótimo segundo disco, La Re-vuelta. O guitarrista JOÃO ERBETTA que na banda assume o personagem Paco Garcia fala sobre as ousadias sônicas e a seriedade por trás da brincadeira.
Por Regis Tadeu Foto Cecília Laszklewicz

Pense em tequila, surf music, punk, blues, country, rock dos anos 50, música latina, Pixies, Beatles e Tito & Tarântula, não necessariamente nesta ordem, tudo isso batido em um liquidificador sônico. Pensou? Então você agora tem uma leve idéia do som do trio mais insano e legal do Brasil nos dias de hoje, capaz de lotar seus shows seguindo na contra-mão da cena indie nacional, caracterizada por músicos muitas vezes medíocres e cheios de pose pseudo-cool.
Depois de um incensado disco de estréia o interessantíssimo Em Uma Onda Neo-Punque ­-, o grupo ressurge com um fatídico (e ótimo) segundo álbum. Em cada uma das faixas de La Re-Vuelta é possível notar um descompromisso guitarrístico, como se a maneira de tocar de João Erbetta (ou Paco Garcia, como quiser) estivesse explicitamente ligada ao astral divertido das composições algo muito evidente La Telepatia, És Ilusion e Pancho.

O curioso é que tal conexão não tem regras definidas. Muitas vezes, chego com um riff pronto para a música, mas pode ser que guitarra só aconteça nos ensaios ou só na hora da gravação. La Telepatia demorou pra ficar pronta, foi finalizada só na gravação, enquanto Pancho, até onde consigo lembrar, veio numa tacada só. De maneira geral, é mais divertido ir finalizando os arranjos com a banda. Na teoria, a prática é ao-contrário, explica o guitarrista.
Sur é a melhor canção em portunhol/castalhano que o Paralamas nunca conseguiu compor e aquela em que o som da guitarra de João melhor exprime o seu estilo como instrumentista. Não é à toa que é uma de suas favoritas.
É uma ode explícita às minhas raízes sul-americanas, mais especificamente ao Uruguai – minha mulher é de Montevidéu – e Argentina. Tem um pintor uruguaio chamado Torres Garcia que fez um mapa sul-americano de cabeça para baixo, invertendo a relação sul-abaixo, norte-acima, que é muito legal, é uma imagem muito forte.

Realmente quando as coisas estão confusas, eu escapo para o sul a fim de me encontrar com lobos-marinhos no litoral uruguaio. Em relação ao som, não existe muita pesquisa, literalmente falando. Procuro estar sempre de ouvidos atentos e escutar muita música quando não estou gravando. Então, alguma coisa sempre aparece como referência. Sur tem uma coisa de riff grave e power chords meio Pete Townshend no refrão – alguém disse isso a mim, eu não tinha me ligado. Isso é uma coisa necessária quando se está em um trio: preencher certos espaços.
O Los Pirata vem sendo elogiado pela crítica e pelo público especializado desde o seu surgimento, mas falta algo para que o som da banda, com letras em portunhol safado – não se engane: isso é um elogio – atinja uma maior parcela do público. Na opinião do guitarrista, o problema não está especificamente no preconceito contra letras fora do eixo português-inglês, na distribuição dos discos ou no fato que a Internet se transformou em algo mais importante que uma loja de discos, e sim na falta de mercado. O Brasil é baseado em dois ambientes musicais: o mundo faustão/popularesco e o resto.

Este último é muito fragmentado e historicamente órfão. Não me entenda mal, não há nada de errado no mundo popularesco, cada um tem a liberdade de ouvir o que quiser, consumir o que quiser, mas falta dinheiro em circulação para as pessoas consumirem discos, shows, livros e TV a cabo, falta estrutura para fazer uma turnê pelo país, falta dinheiro para custos e é isso o que aflige diversas camadas desse resto cultural/musical. Acho que o Los Pirata é muito estranho para ser popular. Não acho que as pessoas tenham obrigação de gostar de algo tão esquisito (risos), mas acho que o Brasil acaba perdendo boas coisas que rolam nos países vizinhos pelo problema da língua, e isso é um grande azar nosso. Tem muita coisa rolando, por exemplo, na Argentina, Chile, Uruguai e México, e a gente poderia estar mais junto nessa onda, trocando experiências. É uma pena que o Brasil ainda se ache auto-suficiente em termos culturais.